TRANSFORMAÇÃO CULTURAL

Novos modelos de trabalho

Claudio Brunoro e Rafaela Senise

Como as empresas podem melhor decidir entre os modelos presenciais, home-office e híbrido diante da herança controversa que recebemos do isolamento social forçado?

A adaptação do mercado de trabalho ao home office foi às pressas, sem análise ou planejamento, diante de uma pandemia. Com mais flexibilidade e equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, houve o cruzamento de limites entre casa e trabalho, cargas horárias estendidas e desconexão entre colegas de trabalho. Em meio a opiniões e experiências diversas, as empresas precisam tomar decisões. Qual o modelo ideal? Quais critérios de avaliação? Como considerar saúde, segurança e direitos trabalhistas para escolher o melhor?